quarta-feira, 20 de julho de 2022

Cantor Amado Batista deixa show em Wenceslau Guimarães

O cantor Amado Batista abandonou o o palco no aniversário de Wenceslau Guimarães, amado reclamava da sonorização, momentos antes o cantor também sinalizou que iria parar o show por conta da iluminação.
O evento comemorava os 60 anos de emancipação política e administrativa do município de Wenceslau Guimarães-BA, Amado não trouxe seu técnico em sonorização nem de iluminação. Outras atrações se apresentaram como: Jaldo Rodrigues, Jeff Torres, Netinho e Kaique Lima não tiveram o mesmo problema.

A prefeitura municipal de Wenceslau emitiu uma nota repudiando a ação de amado batista, confira: “A Prefeitura de Wenceslau Guimarães vem a público demonstrar repúdio pela atitude desrespeitosa por parte do cantor Amado Batista, que na noite desta segunda-feira (18), véspera do aniversário da cidade, não concluiu seu show para o qual foi contratado." 

A nota ainda disse que “ o cantor Amado Batista abriu mão do seu técnico de som” e completou: “Amado Batista não mostrou consideração e empatia para com o público presente, fãs de toda a região, que lotaram a praça Nair Lopes Jenkins para vê-lo."

A Rede Rio Das Almas transmitia ao vivo o evento, Amado reclamou da iluminação e minutos após saiu do palco.

sábado, 16 de julho de 2022

Pimeiro bate e depois quer consolar, diz irmã de petista sobre telefonema de Bolsonaro

Luziana de Arruda reprovou declarações do presidente e do vice, Hamilton Mourão sobre a morte do irmão.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma das irmãs de Marcelo de Arruda, petista assassinado em Foz do Iguaçu, criticou nesta quarta-feira (13) o uso político do vídeo de seus irmãos conversando com Jair Bolsonaro (PL) e disse que o presidente só se compadeceu da vítima após ter dado declarações nas quais minimizava o caso.
 
Luziana de Arruda reprovou declarações do presidente e do vice, Hamilton Mourão, e disse que eles resolveram consolar a família devido às proporções que o caso tomou.

"[O vídeo da conversa com os irmãos] foi usado para cunho político, quando as declarações do senhor presidente da República e do seu vice não foram as declarações legais", disse.

Marcelo foi assassinado a tiros pelo policial penal bolsonarista Jorge José da Rocha Guaranho após ele invadir sua festa de aniversário com temática do PT. Jorge também foi baleado e está internado em estado grave.

Bolsonaro criticou a violência de "petistas" que chutaram a cabeça de Jorge, após a troca de tiros com Marcelo. Ferido, no chão, o atirador foi alvo de chutes de convidados que estavam na festa do militante do PT.

O presidente disse ainda esperar a conclusão da investigação "para a gente ver que teve problema lá fora, onde o cara que morreu, que estava lá na festa, jogou pedra no vidro daquele cara que estava com o carro do lado de fora". "Depois, ele voltou e começou o tiroteio lá e morreu o aniversariante."

Mourão minimizou o caso ao falar que ocorre "todo final de semana", com "gente que provavelmente bebe e aí extravasa as coisas".

Sobre isso, a irmã de Marcelo disse: "De repente eles resolvem se compadecer da nossa família, resolvem querer nos ouvir. Acho que ele [Bolsonaro] viu que a coisa tomou proporção gigantesca e resolveu voltar atrás das palavras".

"Depois que bate ele resolve consolar. A mesma mão que pune é a mesma mão que afaga?"

Luziana também criticou o modo como o vídeo do telefonema foi divulgado. "Para nós foi um choque o que aconteceu e ver daquele jeito a divulgação do vídeo", disse.

Luziana, 44, é a caçula dos sete irmãos e era bastante próxima a Marcelo. Ela disse que ainda não conversou com os irmãos sobre o episódio.

A ligação por vídeo foi feita pelo deputado bolsonarista Otoni de Paula (MDB-RJ), que esteve na casa de um dos irmãos de Marcelo, com o aval de Bolsonaro, para intermediar a conversa. Segundo ele, o presidente conversou com dois irmãos do petista assassinado: José e Luiz de Arruda.

Luiz disse à reportagem nesta quarta que a família ainda não tomou nenhuma decisão sobre o convite de Bolsonaro para visitar o Palácio do Planalto na quinta (14) e participar de uma entrevista coletiva.

A reportagem apurou que entre parte dos familiares esse pedido sofre muita resistência. Segundo relatos ouvidos pela Folha de S.Paulo, a viúva de Marcelo, Pâmela Suellen Silva, também tem resistência e disse que só participaria se fosse em uma coletiva aberta, onde ela pudesse falar livremente.

Ela disse ter ficado surpresa com o telefonema do presidente aos irmãos de Marcelo, que não estavam na festa. "Absurdo, eu não sabia", afirmou ao UOL.

Ao Globo ela disse que Bolsonaro está usando a situação politicamente. "Acredito que Bolsonaro está preocupado com a repercussão política, porque, tanto no vídeo que fez no cercadinho como no que conversa com os irmãos do Marcelo, Bolsonaro diz que estão tentando colocar a culpa nele."

A reportagem tentou contato diversas vezes com Pâmela, sem resultado.

O filho mais velho de Marcelo afirmou à Folha de S.Paulo que o vídeo da conversa de seus tios com o presidente Bolsonaro está sendo usado sem autorização para uma possível campanha.

Leonardo de Arruda, 26, criticou o uso político do material. "Gravaram, publicaram sem autorização da minha família, estão usando a imagem da nossa família para uma possível campanha. Não basta o que fizeram com meu pai e estão usando o nome da minha família", disse.

Para ele, a culpabilização de seu pai tem incomodado bastante. "O ódio não está em mim, na nossa família. A gente estava comemorando, não foi a gente que procurou isso. Não foi a gente que matou. A gente não odeia ninguém."

Leonardo afirma que um dos seus tios, inclusive, cobrou que parte da imprensa se retratasse por essa postura. "Meu tio pediu retratação pública, pedindo para a imprensa que está colocando meu pai como causador de tudo, para dizer que ele foi a vítima de um assassino extremista."

O rapaz não citou Bolsonaro diretamente, mas o presidente criticou a violência de "petistas" que chutaram a cabeça de Jorge, após a troca de tiros com Marcelo. Ferido, no chão, o atirador foi alvo de chutes de convidados que estavam na festa do militante do PT. Jorge permanece internado.


(Foto: reprodução)

João Oliveira, Wenceslau Guimarães - Bahia


Fonte: notíciasaominuto.com.br

segunda-feira, 23 de maio de 2022

Vem aí a nova TV na grande Wenceslau Guimarães

Até o presente momento as informações que estão sendo repassadas, é que a TV será instalada na cidade com o nome de Rio das almas. As informações são de fontes seguras, em breve mais informações.

terça-feira, 28 de dezembro de 2021

DEPOIS DAS ÁGUAS CEDEREM É HORA DE CONTABILIZAR OS PREJUIZOS

Foto:Reprodução/redes sociais


 O Municpio de Wenceslau Guimarães deu inicio hoje a uma etapa de recuperção. As águas doRio  das Almas e Rio Preto ambos os rios que banham o municipio baiano e causam diversos alagamentos, demolição de residencias e deixando várias pessoas desabrigadas e desalojadas, algo similar ocorrido na Capital da Graviola é datado apenas no ano de 1982, ou seja há exatos 39 anos. Ainda não é possivel mensurar os prejuízos tanto financeiros quanto psicologicos causados às pessoas que, para salvar suas vidas muitas sairam apenas com as roupas do corpo.

Foto: reprodução /redes sociais


Na comunidade quilombolo do Rio Preto, mais precisamente conhecido como "buraco gostoso" a devastação foi dantesca. Em conversa com o prefeito municipal Carlos Alberto esse informou que contou já devastadas 17 casas, não considerando-se as que deverão ser condenadas. Toda equipe gobernamental esteve e está mobilizada para atender as pessoas desabrigadas e desalojadas, com cobertores, roupas e alimento.

A igreja Católica deu inicio em parceria com o Governo municipal a uma campanha de doações:


Inúmeras pessoas tiveram papel decisivo do resgate as vítimas quando essas ainda estavam ilhadas em suas casas: Emerson (Bebeto), Edemerson e muitos outos anônimos.

Emerson e Laércio





Estados mantém vacinação contra gripe Influenza


Foto:Reprodução/Agência Brasil


A epidemia de gripe que se alastrou por alguns estados do país provocou a corrida da população para tomar a vacina contra o vírus Influenza. Diante da grande procura, secretarias estaduais buscam ampliar neste fim de ano a imunização de pessoas que não participaram da campanha de vacinação, que foi iniciada no começo de 2021.

No entanto, as vacinas disponíveis não protegem contra a gripe H3N2, nova cepa responsável pelos casos registrados. O Instituto Butantan, responsável pelas vacinas contra a gripe, deve iniciar a produção de vacinas atualizadas contra a nova variante a partir de janeiro.

Em São Paulo, a campanha para quem não tomou a vacina contra a Influenza em 2021 foi ampliada hoje (28). Crianças maiores de seis meses e todas as demais faixas etárias podem procurar os pontos de vacinação da cidade. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, não há necessidade de intervalo de aplicação entre a dose do imunizante contra a gripe e a vacina contra a covid-19.

No Rio de Janeiro, onde os primeiros casos de Influenza H3N2 foram registrados, a vacinação está disponível nas clínicas da família e nos centros municipais de saúde. Segundo a Secretária de Saúde, houve 40% de redução nos atendimentos de pacientes com síndrome gripal nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) nas últimas duas semanas.

No Rio Grande do Sul, a vacinação segue disponível nos municípios para todos as pessoas acima de seis meses de idade. No estado, a meta de vacinação não foi atingida neste ano. Cerca de 79% do grupo de pessoas de risco (idosos, comorbidades, gestantes e crianças) foram vacinadas.

Em Salvador, a vacinação contra a gripe está disponível somente para aplicação da dose complementar em crianças que nunca tomaram o imunizante contra a Influenza ou foram vacinadas pela primeira vez em 2021.

A campanha de imunização contra a gripe foi lançada em março pelo Ministério da Saúde e deveria durar até julho. Inicialmente, seriam vacinados somente as pessoas de grupo prioritário, mas diante da baixa procura da população, a campanha foi estendida para todas as faixas etárias.

**Por Agência Brasil- conteúdo

segunda-feira, 27 de dezembro de 2021

WENCESLAU GUIMARÃES EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA




Foto: Arquivo/WG na mira

 

Wenceslau Guimarães além de inúneros outros municípios baianos foram atingidos por fortes chuvas nos ultimos dois dias. A Capital da Graviola está com seu centro completamente inundado, o que provocou a perda de muitos produtos nos comércios. As águas do Rio das Almas tomaram além do centro outros bairros como as casas populares. Diversos moradores perderam tudo e estão abrigados em igrejas e colégios.

O Governado Rui Costa esteve sobrevoando as cidades de Itajuipe e Itabuna e relatou que a situação é inédita na Bahia.



"Acabei de receber novo levantamento e temos, neste momento, 37 cidades fortemente antingidas pelas chuvas. Visitei Itabuna e Itajuípe e as imagens são muito fortes. Na história recente da Bahia, não lembro de trajédia tão grande. Vamos seguir trabalhando e cuidado das pessoas", informou o chefe do executivo bahiano.


**Da redação - José Carlos Oliveira

quinta-feira, 23 de dezembro de 2021

Salário mínimo de R$ 1.210 é aprovado para 2022


O valor representa um aumento de 10% em relação ao salário mínimo de 2021, não garante alta real e ainda pode mudar, dependendo dos rumos da inflação. Entenda.

Congresso aprova salário mínimo de R$ 1.210 para 2022. O valor representa um aumento de 10% em relação ao salário mínimo de 2021, não garante alta real e ainda pode mudar, dependendo dos rumos da inflação.

O novo valor do salário mínimo para 2022 foi aprovado pelo Congresso na noite de terça, dia 21 de dezembro, junto com o Orçamento para o ano de 2022. O mínimo ficará em R$ 1.210 para o próximo ano. O valor representa um aumento de 10% em relação ao salário de 2021. 

Este é o maior reajuste desde 2016, quando o aumento foi de 11,6%. Essa alta maior, porém, deve-se à inflação. É que o salário mínimo é reajustado pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), um indicador de inflação criado para medir o impacto do aumento dos preços na vida de quem ganha até cinco salários mínimos. 

Por lei, o salário mínimo deve ser reajustado pela inflação acumulada do ano anterior – e ela subiu bastante em 2021. Segundo o Ministério da Economia, a previsão é de que o INPC encerre 2021 com aumento de 10%. Por isso, o reajuste do salário mínimo de 2022 será maior –é uma forma de compensar a perda de poder de compra da população. 

Entenda, abaixo, mais detalhes sobre o aumento do salário mínimo.

Salário mínimo de 2022: valor ainda pode mudar
No projeto inicial do Orçamento, enviado ao Congresso em agosto de 2021, o salário mínimo seria de R$ 1.169. Com o aumento da inflação, porém, esse valor foi revisto para R$ 1.210. Mas ele ainda pode mudar. 

Em primeiro lugar porque, mesmo com a aprovação do Congresso, o Orçamento ainda precisa ter a aprovação final do Presidente da República. E, mesmo com essa aprovação final, o valor pode sofrer alguma alteração, dependendo de quanto, de fato, fechar a inflação neste ano. 

É que o reajuste foi calculado em cima de uma previsão, de uma projeção de quanto vai fechar o INPC em 2021. Mas o percentual efetivo da inflação só será conhecido em janeiro. Se for maior que 10%, o salário mínimo pode sofrer um novo reajuste.

Mas até agora tudo indica que o INPC – a inflação da baixa renda que reajusta o mínimo – fechará o ano ao redor dos 10% mesmo. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o INPC já acumula uma alta de 9,36% de janeiro a novembro de 2021.  

Ou seja, na prática, o novo valor do salário mínimo apenas repõe a inflação e não garante aumento real (acima da inflação) aos trabalhadores. 

O que muda na sua vida?
A alta anual do salário mínimo tem como principal função garantir o poder de compra da população. Ou seja, o reajuste precisa, pelo menos, cobrir a inflação.   

O salário mínimo nacional é a base para a remuneração dos trabalhadores com carteira assinada do país – é um piso mínimo. Se ele sobe, o salário de quem tem registro em carteira também sobe obrigatoriamente. 

Além disso, ele é a referência para os benefícios do INSS. Então, se você é aposentado ou pensionista, vai receber o mesmo aumento que for aprovado. 

Os servidores públicos têm seus salários atrelados ao salário mínimo nacional. Quem é servidor federal, ou seja, é concursado em instituições federais, recebe o aumento proporcional à alta do salário mínimo nacional. 

Servidores estaduais e municipais também são afetados pelo reajuste do mínimo nacional, mas alguns estados têm os seus próprios pisos locais – é o caso de São Paulo, por exemplo. Ainda assim, esses salários mínimos locais não podem ficar abaixo do salário mínimo nacional, e o aumento do valor nacional influencia o aumento dos valores locais.



(Foto: Reprodução)

João Oliveira, Wenceslau Guimarães - Bahia


Fonte: blog nubank

quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Presidente sanciona lei que destina R$ 300 milhões para o auxílio gás




O presidente Jair Bolsonaro sancionou hoje (22) o projeto de lei que abre crédito especial de R$ 300 milhões para custear o auxílio gás.

Os recursos vão ajudar famílias de baixa renda na compra do gás de cozinha com o equivalente a 40% do preço do botijão. A matéria foi aprovada no Congresso Nacional na semana passada.

Segundo o governo federal, a previsão é que o benefício alcance mais de 5 milhões de famílias de baixa renda em todo o país.

Serão beneficiadas famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo, ou que morem na mesma casa de beneficiário do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O auxílio será concedido preferencialmente às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência.

A preferência de pagamento será para a mulher responsável pela família. O auxílio do programa Gás dos Brasileiros deve ser concedido a cada bimestre.




(Foto: Reprodução)

João Oliveira, Wenceslau Guimarães - BAHIA



Fonte: https://marcoscangussu.com.br/interna/presidente-sanciona-lei-que-destina-r-300-milhoes-para-o-auxilio-gas

segunda-feira, 4 de outubro de 2021

Redes sociais pertencentes ao Facebook: Whatsapp, Facebook e Instagran estão fora do ar desde o meio dia de hoje

Da redação

Foto: Pixabays

Hoje 04, por volta do meio dia uma instabilidade retirou do ar as redes sociais pertencentes ao Facebook, incluindo o aplicativo de mensagem Whatsapp.

A situação causou suposições de todos os tipos: ataque racker, corte de cabos submarino... O certo é que quem depende exclusivamente das plataformas para comunicação ou para trabalho ficou sem ter o que fazer. Em Wenceslau Guimarães muitas pessoas pensavam se tratar de problema na conexão de internet e acionaram as empresas do setor para esclarecimento. O que causou o problema ainda é desconhecido por todos. Em comunicado a empresa informou que está investigando o problema que aparentemente é global.

Existem fortes suspeitas que o problema seria de DNS (Domain Name System) ou Sistema de Nomes de Domínios.

quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Prefeitura Municipal de Wenceslau Guimarães realiza Mutirão de exames para prevenção e tratamento de doenças oculares graves.

 


Governo lança programa habitacional para profissionais de segurança

Foto: Agência Brasil


Policiais civis, militares, federais e rodoviários, além de bombeiros, agentes penitenciários, peritos e guardas municipais, terão subvenção financeira concedida pelo governo federal e condições diferenciadas de crédito imobiliário para aquisição da casa própria.

É o que prevê o Programa Nacional de Apoio à Aquisição de Habitação para Profissionais da Segurança Pública, o Habite Seguro, lançado nesta segunda-feira (13), em cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, ministros e parlamentares.

"A casa própria, mais que um sonho, é uma necessidade para todos nós", afirmou o presidente em seu discurso. "A casa própria é algo que realmente nos liberta, nos dá paz para trabalhar", acrescentou.

MP-BA recomenda que SEC-BA adote maior transparência na divulgação dos concursos públicos

Foto: BocãoNews



O Ministério Público da Bahia (MP-BA) recomendou à Secretaria Estadual de Cultura (SEC) que adote maior transparência nas comunicações relativas a concursos públicos, em especial o edital nº 21/2019 – Setorial de Literatura 2019. Além disso, a pasta deve conceder aos candidatos inscritos prazos razoáveis para eventuais alterações de projetos, além de disponibilizar em e-mails cadastrados as atualizações e solicitações pertinentes.

Segundo o promotor de Justiça que acompanha o caso, Pedro Paulo Vilela, “Os concursos devem se realizar com a maior transparência possível, com ampla divulgação de seus editais, portarias, avisos, comunicados e quaisquer outros expedientes relacionados”, destacou o promotor de Justiça.

No documento de recomendação, o MP sugere ainda que a Secretaria Estadual de Cultura prorrogue o prazo do comunicado de nova alteração do edital nº 21/2019 – Setorial de Literatura 2019, que foi divulgado no dia 1° com prazo até dia 11 deste mês, disponibilizando o novo prazo no portal e também nos e-mails dos participantes.

“O concurso público é regido pelos princípios da isonomia, impessoalidade, moralidade e eficiência, sendo a forma mais democrática de ingresso no serviço público, e, por conseguinte, deve ser livre de qualquer tipo de influência, apadrinhamento e perseguições. Tem que ser realizado com lisura para possibilitar o ingresso do candidato mais preparado intelectualmente, psicologicamente e fisicamente, caso seja necessário, para o cargo”, destacou o promotor de Justiça.

Por Bocão News - conteúdo

INFORME PUBLICITÁRIO

 


Liga dos Campeões: Dortmund vence Besiktas com gol de Haaland; Shakhtar perde para time da Moldávia

Foto: EFE/EPA/SEDAT SUNA/Jovem Pan


O Borussia Dortmund estreou com o pé direito na Liga dos Campeões 2021/22 nesta quarta-feira, 15, ao bater o Besiktas, fora de casa, por 2 a 1, em partida válida pela abertura do Grupo C. Logo no primeiro tempo, o time alemão tratou de adiantar a vitória com gols de Jude Bellingham e Erling Haaland. O jovem inglês, na verdade, foi o grande destaque do confronto. Além de abrir o placar aos 19 minutos, aproveitando-se de assistência de Meunier, foi dele a assistência para Haaland ampliar nos acréscimos. Na segunda etapa, os aurinegros apenas administraram o resultado, levando um gol de Montero já nos instantes finais do embate. A partir das 16 horas, Sporting e Ajax fazem o outro confronto da primeira rodada da chave.

Já no Grupo D, o Shakhtar Donetsk, clube ucraniano que tem como base jogadores brasileiros, foi surpreendido pelo Sheriff Tiraspol, time da Moldávia estreante em Liga dos Campeões. Mesmo contando com Pedrinho e Maycon, ex-Corinthians, além dos ‘brazucas’ Tetê, Alan Patrick, Dodô, Marcos Antônio e Marlon, a equipe da Ucrânia foi derrotada por 2 a 0. Traoré e Yansane marcaram os gols do conjunto moldavo, que fez história atuando em casa, na Arena Bolshaya Sportivnaya. Mais tarde, Inter de Milão e Real Madrid fazem o outro duelo da chave.


Por Jovem Pan - conteúdo.

Boletim mostra que 12 estados e o DF reduziram gastos com pessoal


Foto: Reprodução Agência Brasil


A Secretaria do Tesouro Nacional informou, hoje (15), que 12 estados e o Distrito Federal apresentaram redução real na despesa de pessoal em 2020. Ainda assim, o total desses gastos teve aumento de 3,4%, ou R$ 14,9 bilhões, de 2019 para 2020. As informações são do Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais de 2020.

De acordo com o órgão, apesar do aumento dos gastos com pessoal, houve uma redução no ritmo em comparação ao 5,2% (R$ 21,7 bilhões) de crescimento de 2018 para 2019. O resultado também é menor do que a inflação do período, que fechou em alta de 4,52%.

A desaceleração se deve, segundo o Tesouro Nacional, às restrições de atos que provoquem aumento da despesa com pessoal até o fim de 2021, instituídas na Lei Complementar nº 173, de 2020. A medida foi adotada em contrapartida à ajuda financeira do governo federal a estados, municípios e o Distrito Federal para o combate aos efeitos da pandemia da covid-19.

quinta-feira, 9 de setembro de 2021

INFORME PUBLICITÁRIO


 

Presidente diz que não teve intenção de agredir outros Poderes

Foto:Agência Brasil/Reprodução



O presidente Jair Bolsonaro emitiu nota oficial nesta quinta-feira (9) em que afirma não ter tido a intenção de agredir outros Poderes da República e destacou que respeita a harmonia entre as instituições.

A nota oficial, divulgada na página do Palácio do Planalto na internet, ocorre dois depois das manifestações pró-governo do dia 7 se setembro, que contou com a participação do presidente.

Na ocasião, tanto em Brasília quanto em São Paulo, Bolsonaro fez críticas a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e ao sistema de urnas eletrônicas. Como reação, o presidente do STF, Luiz Fux, e o ministro Luis Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), rebateram Bolsonaro.

"No instante em que o país se encontra dividido entre instituições é meu dever, como presidente da República, vir a público para dizer: Nunca tive nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes. A harmonia entre eles não é vontade minha, mas determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar", escreveu o presidente.

Na nota, Bolsonaro elencou dez pontos. Em um deles, o presidente diz que as divergências se deram por causa de conflitos de entendimento sobre decisões do ministro Alexandre de Moraes, do STF, e falou que nenhuma autoridade tem o direito de "esticar a corda". Ele escreveu ainda que suas palavras, "por vezes contundentes", são resultado do "calor do momento".

"Sei que boa parte dessas divergências decorrem de conflitos de entendimento acerca das decisões adotadas pelo ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news. Mas na vida pública, as pessoas que exercem o poder não têm o direito de ‘esticar a corda’, a ponto de prejudicar a vida dos brasileiros e sua economia. Por isso quero declarar que minhas palavras, por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum".

Ainda sobre o ministro Alexandre de Moraes, Bolsonaro afirmou que as divergências são naturais e que vai buscar resolvê-las por medidas judiciais para assegurar a observância dos direitos e garantias fundamentais da Constituição Federal.

Por fim, Bolsonaro afirmou que respeita as instituições da República, defendeu o regime democrático e disse que está disposto a manter o diálogo.

"Reitero meu respeito pelas instituições da República, forças motoras que ajudam a governar o país. Democracia é isso: Executivo, Legislativo e Judiciário trabalhando juntos em favor do povo e todos respeitando a Constituição. Sempre estive disposto a manter diálogo permanente com os demais Poderes pela manutenção da harmonia e independência entre eles. Finalmente, quero registrar e agradecer o extraordinário apoio do povo brasileiro, com quem alinho meus princípios e valores, e conduzo os destinos do nosso Brasil".
Confira a íntegra da Declaração à Nação, emitida por Jair Bolsonaro:

Declaração à Nação

No instante em que o país se encontra dividido entre instituições é meu dever, como Presidente da República, vir a público para dizer:

1. Nunca tive nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes. A harmonia entre eles não é vontade minha, mas determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar.

2. Sei que boa parte dessas divergências decorrem de conflitos de entendimento acerca das decisões adotadas pelo Ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news.

3. Mas na vida pública as pessoas que exercem o poder, não têm o direito de “esticar a corda”, a ponto de prejudicar a vida dos brasileiros e sua economia.

4. Por isso quero declarar que minhas palavras, por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum.

5. Em que pesem suas qualidades como jurista e professor, existem naturais divergências em algumas decisões do Ministro Alexandre de Moraes.

6. Sendo assim, essas questões devem ser resolvidas por medidas judiciais que serão tomadas de forma a assegurar a observância dos direitos e garantias fundamentais previsto no Art 5º da Constituição Federal.

7. Reitero meu respeito pelas instituições da República, forças motoras que ajudam a governar o país.

8. Democracia é isso: Executivo, Legislativo e Judiciário trabalhando juntos em favor do povo e todos respeitando a Constituição.

9. Sempre estive disposto a manter diálogo permanente com os demais Poderes pela manutenção da harmonia e independência entre eles.

10. Finalmente, quero registrar e agradecer o extraordinário apoio do povo brasileiro, com quem alinho meus princípios e valores, e conduzo os destinos do nosso Brasil.

DEUS, PÁTRIA, FAMÍLIA

Jair Bolsonaro

Presidente da República Federativa do Brasil

Por Agência Brasil - conteúdo.

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Roberto Jefferson expõe segredos inconfessáveis de ministro do STF

O polêmico presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, fez uma série de declarações esclarecedoras em entrevista exclusiva à repórter Berenice Leite, na TV Jornal da Cidade Online.
Jefferson explicou as relações envolvendo a esquerda lulopetista, a velha mídia e até o ministro do STF, Luís Roberto Barroso, na trama construída por meio de narrativas, para derrubar o presidente Jair Bolsonaro e tentar impedir a consolidação do conservadorismo no Brasil.
O ex-deputado conta ainda alguns segredos avassaladores de "personagens esquerdopatas".

Por Jornal da cidade online - conteúdo